Voltar

Eventos

imagem ilustrativa

imagem ilustrativa

Iniciou na manhã de hoje (03) o Encontro Regional de Capacitação e Atualização em Agrotóxico, promovido pela Supervisão Regional de Pimenta Bueno da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron). Participam do evento 75 pessoas, entre fiscais da Idaron, responsáveis técnicos, proprietários de revendas e técnicos da Associação de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).  
No Encontro, os participantes estão discutindo sobre assuntos referentes à defesa vegetal, que abrangem a fiscalização de agrotóxico e sua comercialização, educação sanitária, cultura de subsistência, responsabilidade técnica e o uso de agrotóxico.

O objetivo do encontro é harmonizar os procedimentos de comercialização, atendendo as indicações de uso, período de carência, limite de resíduos, além do trabalho de educação sanitária para conscientização do produtor rural, exercendo a vigilância passiva, sobre os riscos do uso incorreto de agrotóxicos para a sua saúde e meio ambiente e sobre a contaminação com resíduos de seus produtos.

“O encontro é importante para que todos os responsáveis técnicos e os proprietários de revendas tomem conhecimento das exigências para a comercialização dos agrotóxicos”, diz a responsável técnica de uma empresa, Alda Kelly Barborsa.

A coordenadora do Programa de Agrotóxicos, Eutália da Cunha Alves, parabeniza a Supervisão Regional pela iniciativa e as revendas pela grande participação no encontro.

“Este encontro é o primeiro a ser realizado no Estado e esperamos que produza melhorias na defesa vegetal nos municípios desta Regional”, fala o supervisor da Regional de Pimenta Bueno, Jader Plaça. Ele diz ainda o empenho dos servidores de sua Regional foi essencial para a realização do evento e agradeceu aos servidores que palestraram no Encontro.
De acordo com o presidente da Idaron, Marcelo Henrique Borges, toda a cadeia que envolve a venda, uso e descarte de agrotóxico deve ter consciência da importância de estar bem treinada. “A Idaron tem a preocupação com a qualidade do alimento que chega à mesa do rondoniense. Como diz nosso Selo de Qualidade: Idaron e Você, trabalhando juntos pela saúde e produção”.
 
Fonte: Idaron
 

03/10/2013

Iniciou na manhã de hoje (03) o Encontro Regional de Capacitação e Atualização em Agrotóxico, promovido pela Supervisão Regional de Pimenta Bueno da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron). Participam do evento 75 pessoas, entre fiscais da Idaron, responsáveis técnicos, proprietários de revendas e técnicos da Associação de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).  
No Encontro, os participantes estão discutindo sobre assuntos referentes à defesa vegetal, que abrangem a fiscalização de agrotóxico e sua comercialização, educação sanitária, cultura de subsistência, responsabilidade técnica e o uso de agrotóxico.

O objetivo do encontro é harmonizar os procedimentos de comercialização, atendendo as indicações de uso, período de carência, limite de resíduos, além do trabalho de educação sanitária para conscientização do produtor rural, exercendo a vigilância passiva, sobre os riscos do uso incorreto de agrotóxicos para a sua saúde e meio ambiente e sobre a contaminação com resíduos de seus produtos.

“O encontro é importante para que todos os responsáveis técnicos e os proprietários de revendas tomem conhecimento das exigências para a comercialização dos agrotóxicos”, diz a responsável técnica de uma empresa, Alda Kelly Barborsa.

A coordenadora do Programa de Agrotóxicos, Eutália da Cunha Alves, parabeniza a Supervisão Regional pela iniciativa e as revendas pela grande participação no encontro.

“Este encontro é o primeiro a ser realizado no Estado e esperamos que produza melhorias na defesa vegetal nos municípios desta Regional”, fala o supervisor da Regional de Pimenta Bueno, Jader Plaça. Ele diz ainda o empenho dos servidores de sua Regional foi essencial para a realização do evento e agradeceu aos servidores que palestraram no Encontro.
De acordo com o presidente da Idaron, Marcelo Henrique Borges, toda a cadeia que envolve a venda, uso e descarte de agrotóxico deve ter consciência da importância de estar bem treinada. “A Idaron tem a preocupação com a qualidade do alimento que chega à mesa do rondoniense. Como diz nosso Selo de Qualidade: Idaron e Você, trabalhando juntos pela saúde e produção”.
 
Fonte: Idaron
 

imagem ilustrativa