Voltar

Eventos

Profissionais e estudantes de graduação e pós-graduação de áreas relacionadas à botânica, tanto do Brasil como do exterior, reúnem-se em Manaus de quarta-feira (25/09) a sábado (28/09) para participar da segunda edição do Sinbot (II Simpósio Internacional de Botânica Aplicada) e do Sinfan (II Simpósio Nacional de Frutíferas e Ornamentais do Norte e Nordeste). Os eventos acontecem simultaneamente na Faculdade de Ciências Agrárias (FCA) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), mas também contam com atividades externas. Uma delas é a visita à sede da Embrapa Amazônia Ocidental em Manaus, programada para o dia 28 de setembro (sábado).  
 
O Sinbot busca oferecer aos participantes temas importantes para debate, com foco especial nas aplicações da Botânica nas diferentes áreas do conhecimento e em tecnologias. Além das conferências e mesas-redondas, os participantes vão apresentar trabalhos científicos e interagir com profissionais de renome nacional e internacional. A oportunidade de interação e compartilhamento de experiências, além do estabelecimento de parcerias, inclusive, é um dos principais propósitos do Simpósio.
 
 
O Sinfan tem o objetivo de incrementar o conhecimento sobre as frutíferas nativas brasileiras e as formas de manejo e exploração sustentável dessas espécies. O Simpósio pretende oportunizar a divulgação dos resultados preliminares do projeto em rede intitulado Valoração e Uso Sustentável de Espécies Frutíferas e Ornamentais Nativas da Amazônia e do Nordeste Subexploradas Economicamente. O evento também será o espaço de exposição de trabalhos de outras pessoas que trabalham com frutíferas nativas fora deste projeto, na busca da integração dos grupos de pesquisas e estabelecimento de novas metas e perspectivas para a exploração sustentável de frutíferas nativas do Brasil.
 
 
O evento, que inicia nesta quarta-feira (25/09) a partir das 15h, é promovido pela Ufam, Universidade Federal de Roraima, Universidade Federal de Lavras (UFLA), Programa de Pós-Graduação em Botânica Aplicada da UFLA, Embrapa e Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. As inscrições para os interessados em participar dos simpósios se estendem até o dia 26 de setembro.
 
 
A Faculdade de Ciências Agrárias fica no minicampus da Ufam, localizado na Avenida General Rodrigo Otávio, no bairro Coroado I. A programação e outras informações importantes para os participantes podem ser acessadas através do site www.sinbot.net.br/.
 
 
Embrapa
 
Além de fazer parte da comissão promotora do evento, a Embrapa conta com a participação de pesquisadores de quatro Unidades Descentralizadas da empresa em conferências e mesas-redondas: Embrapa Amazônia Ocidental (Manaus/AM), Embrapa Amazônia Oriental (Belém/PA), Embrapa Roraima (Boa Vista/RR) e Embrapa Mandioca e Fruticultura (Cruz das Almas/BA). No último dia do Simpósio (28/09), pela manhã, está programada uma visita à coleção de fruteiras e aos plantios de guaraná e cupuaçu localizados na sede da Embrapa Amazônia Ocidental.
 
 
Sinbot
 
O Sinbot surgiu a partir de uma iniciativa dos professores da UFLA, Unifal/MG e UFSJ, em conjunto com o Programa de Pós-Graduação em Botânica Aplicada da UFLA, com o intuito de proporcionar maior integração entre os grupos de pesquisa e alunos dessas instituições, bem como de outros grupos no Brasil e no exterior.
 
Sinfan
 
O Sinfan nasceu de um projeto de rede intitulado Valoração e Uso Sustentável de Espécies Frutíferas e Ornamentais Nativas da Amazônia e do Nordeste Subexploradas Economicamente, financiado pelo MCT, CNPq, MEC, Capes e FNDCT, através de ação transversal 47/2010 – Sisbiota Brasil. Esse projeto compreende a cooperação de professores e alunos da UFLA ligados ao Programa de Pós-Graduação em Botânica Aplicada, a Ufam, a UFSJ e a Embrapa Roraima.
 
Texto: Felipe Rosa – Jornalista MTb 14406/RS

26/09/2013

Profissionais e estudantes de graduação e pós-graduação de áreas relacionadas à botânica, tanto do Brasil como do exterior, reúnem-se em Manaus de quarta-feira (25/09) a sábado (28/09) para participar da segunda edição do Sinbot (II Simpósio Internacional de Botânica Aplicada) e do Sinfan (II Simpósio Nacional de Frutíferas e Ornamentais do Norte e Nordeste). Os eventos acontecem simultaneamente na Faculdade de Ciências Agrárias (FCA) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), mas também contam com atividades externas. Uma delas é a visita à sede da Embrapa Amazônia Ocidental em Manaus, programada para o dia 28 de setembro (sábado).  
 
O Sinbot busca oferecer aos participantes temas importantes para debate, com foco especial nas aplicações da Botânica nas diferentes áreas do conhecimento e em tecnologias. Além das conferências e mesas-redondas, os participantes vão apresentar trabalhos científicos e interagir com profissionais de renome nacional e internacional. A oportunidade de interação e compartilhamento de experiências, além do estabelecimento de parcerias, inclusive, é um dos principais propósitos do Simpósio.
 
 
O Sinfan tem o objetivo de incrementar o conhecimento sobre as frutíferas nativas brasileiras e as formas de manejo e exploração sustentável dessas espécies. O Simpósio pretende oportunizar a divulgação dos resultados preliminares do projeto em rede intitulado Valoração e Uso Sustentável de Espécies Frutíferas e Ornamentais Nativas da Amazônia e do Nordeste Subexploradas Economicamente. O evento também será o espaço de exposição de trabalhos de outras pessoas que trabalham com frutíferas nativas fora deste projeto, na busca da integração dos grupos de pesquisas e estabelecimento de novas metas e perspectivas para a exploração sustentável de frutíferas nativas do Brasil.
 
 
O evento, que inicia nesta quarta-feira (25/09) a partir das 15h, é promovido pela Ufam, Universidade Federal de Roraima, Universidade Federal de Lavras (UFLA), Programa de Pós-Graduação em Botânica Aplicada da UFLA, Embrapa e Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. As inscrições para os interessados em participar dos simpósios se estendem até o dia 26 de setembro.
 
 
A Faculdade de Ciências Agrárias fica no minicampus da Ufam, localizado na Avenida General Rodrigo Otávio, no bairro Coroado I. A programação e outras informações importantes para os participantes podem ser acessadas através do site www.sinbot.net.br/.
 
 
Embrapa
 
Além de fazer parte da comissão promotora do evento, a Embrapa conta com a participação de pesquisadores de quatro Unidades Descentralizadas da empresa em conferências e mesas-redondas: Embrapa Amazônia Ocidental (Manaus/AM), Embrapa Amazônia Oriental (Belém/PA), Embrapa Roraima (Boa Vista/RR) e Embrapa Mandioca e Fruticultura (Cruz das Almas/BA). No último dia do Simpósio (28/09), pela manhã, está programada uma visita à coleção de fruteiras e aos plantios de guaraná e cupuaçu localizados na sede da Embrapa Amazônia Ocidental.
 
 
Sinbot
 
O Sinbot surgiu a partir de uma iniciativa dos professores da UFLA, Unifal/MG e UFSJ, em conjunto com o Programa de Pós-Graduação em Botânica Aplicada da UFLA, com o intuito de proporcionar maior integração entre os grupos de pesquisa e alunos dessas instituições, bem como de outros grupos no Brasil e no exterior.
 
Sinfan
 
O Sinfan nasceu de um projeto de rede intitulado Valoração e Uso Sustentável de Espécies Frutíferas e Ornamentais Nativas da Amazônia e do Nordeste Subexploradas Economicamente, financiado pelo MCT, CNPq, MEC, Capes e FNDCT, através de ação transversal 47/2010 – Sisbiota Brasil. Esse projeto compreende a cooperação de professores e alunos da UFLA ligados ao Programa de Pós-Graduação em Botânica Aplicada, a Ufam, a UFSJ e a Embrapa Roraima.
 
Texto: Felipe Rosa – Jornalista MTb 14406/RS